Caveland, o mais charmoso hostel de Santorini
paulinhobasile 24 de outubro de 2016

Minha viagem à Grécia foi, sem dúvida, a que me mais proporcionou gratas surpresas no quesito hospedagem. Se em Mykonos fiquei hospedado no Paragua Beach Hostel, a acomodação com maior infraestrutura que já vi, em Santorini passei dois incríveis dias no hostel mais charmoso que me hospedei. Conheçam o famoso hostel Caveland.

caveland15

Situado na região de Karterados, o Caveland não é um hostel perto da praia e muito menos um lugar de agitação (como a maior parte das pessoas procura na Grécia). Pelo contrário, como diria o recepcionista Vitor, “aqui é para aproveitar o momento detox da agitação das ilhas gregas”.

Aliás, antes de falar do Caveland em si, preciso de um parágrafo especial sobre o recepcionista Vitor. Brasileiríssimo, me recebeu com sorrisão e já fazendo piada. Uma simpatia e um senso de humor espetacular. Fluente em 8 línguas (incluindo galego que, depois ele me mostrou, é praticamente igual ao Português haha), ele me disse que estava morando há poucos meses na Grécia, tendo fugido da “ditadura coxinha” que está se instaurando no Brasil (o que já me fez amar ele instantaneamente!). Ele me ajudou a fechar passeios, a entender como funcionam os ônibus na cidade, fez churrasco para a galera hospedada (e até me ajudou a me aproximar deo outra pessoa que estava ficando no Caveland e fiquei interessado rs). Nota mil para ele.

caveland4

caveland1

caveland2

caveland3

Agora, voltando ao hostel. Você deve se perguntar por que ele se chama Caveland. E aí está todo o charme que faz o hostel ser um dos mais famosos de Santorini. Todos os quartos e áreas comuns do hostel foram projetadas para te dar a sensação de que você está dentro de uma caverna. Uma caverna digna de obra de arte modernista, podemos dizer!

caveland16

caveland17

Meu quarto era espetacular! Ao entrar nele, havia uma área com sofás, mesa, penteadeira, armário e uma luminária sensacional. E então vinham as camas (3 beliches), além de uma mini cozinha localizada no meio do quarto e um banheiro com chuveiro no fundo da habitação. Sem contar com um ar condicionado que me fez esquecer que eu estava na fervorosa Grécia.

caveland6

A recepção do Caveland era extremamente charmosa também, um jeitão de casa de vó no campo, com muita madeira, muitos objetos de decoração retrô. É lá que foi servido o café da manhã (muito digno por sinal!).

caveland5

O hostel ainda conta com uma área externas com mesas e cadeiras (onde foi realizado o churrasco na noite em que fui embora), uma piscina e algumas árvores que se misturam com o colorido das portas e paredes do Caveland.

Para uma noite no Cavelanda paguei um total de 22 euros, porém, devo admitir uma coisa bem bacana: por eu ser bloggeiro, eles me concederam um desconto de 20%. E não vou dizer que foi jabá (gíria jornalística para quando o profissional é “comprado” para escrever bem sobre o lugar), pois do fundo do meu coração eu escreveria este post e recomendaria o lugar para todas as pessoas com ou sem desconto. O Caveland foi sem dúvida uma das melhores acomodações que já fiquei na vida e pretento um dia voltar lá e passar mais dias, tive a sensação de ter ficado pouco tempo.

Embora o transporte de Santorini seja bem ruinzinho (fiquei certo dia 1 hora esperando um ônibus), há ônibus circulares que vêm do porto, do aeroporto e de outras partes da cidade, e o ponto para descer fica há 10 minutos caminhando do Caveland.

Da Mooca para o cavernoso (no mais lindo sentido) Caveland

logo booking.com
Você quer fazer reserva no Caveland?
O Da Mooca para o Mundo faz parte do grupo de afiliados do Booking.com e você pode pesquisar acomodações ao redor do mundo diretamente do plugin abaixo. A gente ajude você nas dicas da cidade e você ajuda o blog a ganhar um dinheirinho para poder viajar mais e dar mais dicas! Vamos viajar?

paulinhobasile

2 Comments

Your comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *